Seja poderosa, sedutora e magnética

Home / Home / O QUE ATRAI OS HOMENS LIVRES?

O Maior Portal de Cursos Online Para Mulheres do Brasil

O QUE ATRAI OS HOMENS LIVRES?

SHARE
, / 4694 0

Quando falamos de homens LIVRES, amiga, não estamos falando desses caras que andam por aí a esmo, sem objetivos ou um rumo certo… Não, amiga… Estamos falando exatamente de homens que não compreendem o significado da palavra “apego” e que certamente, por conta disso, seguem a premissa de que “ninguém é de ninguém” e daí a dificuldade de conquistar ou de se relacionar com esse tipo de perfil.

E é claro que quando falamos de pessoas e perfis, não tem como a gente ignorar o ambiente que favorece ou desfavorece algumas características pessoais. Portanto, a Geração Y, também conhecida por Millennials, é uma geração em que você encontrará muita gente com esse perfil mais desapegado, amiga…

Eu estou falando da geração das pessoas que nasceram entre os anos 80 e início dos 90. São ainda chamadas de Geração da Internet, isso porque já nasceram em um mundo envolvido pela febre da globalização. Daí, por terem vivenciado muitos avanços tecnológicos que incluem a acessibilidade à informação e facilidade na comunicação: conhecer pessoas das mais diversas ao mesmo tempo em que se abrir para as possibilidades sem limites, tudo isso acabou sendo um palco perfeito para a eclosão de pessoas que “não querem nada com nada”.

Há muitas críticas até mesmo no mercado corporativo, por conta de que, por terem tido, desde sempre, esse contato todo com a tecnologia, acabaram ficando conhecidos por serem pessoas folgadas, distraídas, insubordinadas e superficiais, em sua grande parte.

Ao mesmo tempo, os Millennials também são conhecidos por terem grande ambição, o que faz com que sejam totalmente instáveis em qualquer profissão que os engessem ou promovam algum tipo de estagnação.

Percebe, amiga, do que estamos falando aqui? Não se trata, especificamente de um perfil mais rebelde ou “difícil”, mas sim, de um tipo de personalidade moldada pelo próprio tempo e que, certamente, não tem como você querer tentar moldar ou melhorar, portanto, o negócio aqui será INFLUENCIAR, para não dizer “manipular”, e para isso é importante você conhecer sobre as regras do jogo.

Quando falamos de Personalidade, certamente estamos falando de uma estrutura psíquica construída em cada indivíduo através do tempo e lapidada pela sua própria história, cultura e ambiente, certo? Pois bem… Nesse caso, você deverá navegar por águas um pouquinho mais profundas, amiga, caso queira conquistar um cara desses e fazer com que ele crie vínculos contigo…

Estou falando aqui, amiga, que você terá de conversar com as estruturas cerebrais mais primitivas dele, pois essas, lindona, esteja certa: já vem pré-moldadas desde os tempos mais primordiais da existência humana, o que faz com que sejam mais, posso dizer aqui: previsíveis.

Não à toa, os estudos comportamentais da psicologia estão diretamente ligados a essa esfera mais primitiva e é exatamente a busca por essas respostas mais universais que é capaz de transformar a psicologia em ciência. Vamos então à prática?

Pois bem… A paixão é uma emoção que tem a sua origem no desejo, certo? Pois bem… Acredito que você sabe que somente é possível desejar aquilo o que não se tem… Tudo bem até aqui?

Então, amiga, uma arma que você vai usar, de cara, com um homem desses, é a paixão, pois é com ela que você vai influenciá-lo a querer te ter, pois, inconscientemente, na cabeça dele, somente quando ele te tiver, conseguirá satisfazer o desejo dele e é isso o que você não vai permitir de jeito nenhum.

“Mas… Van… Isso significa que eu nunca poderei ficar com ele?”… Óbvio que vai, né, amiga… Quem disse que para manter o desejo você tem que ser “intocada”… Apenas, nesse caso, você vai ter que saber jogar muito bem ao ponto de criar uma ilusão na cabeça dele de que ele “não te tem”… Que não te conquistou em sua totalidade.

Sabe quando você começa a ficar com um cara que, você percebe, está com a cabeça voltada para alguma ex? Como você se sente? O que você faz? Você é tomada por quais tipos de emoções…? Pois esse é o princípio, amiga… Um erro sumário é você querer prender e fiscalizar o cara o tempo todo… Isso porque, com essas atitudes, você vai bater diretamente na personalidade livre dele que vai te achar uma maluca e, em pouco tempo, acabar te largando em prol da liberdade dele.

A única saída nesse caso, lindona, é você ser mais livre do que ele… Mais desapegada do que ele… Certamente, você terá que fazê-lo SENTIR que não tem nenhum controle sobre ti e que pode te perder há qualquer momento caso ele não dê a devida atenção ao relacionamento de vocês.

Mexer com o “territorialismo” dele, amiga, é mexer, exatamente, com essas instâncias mais primitivas e essa é uma das maneiras de driblar a “personalidade” dele e ir direto na fonte… Em busca do “macho alfa” que mora dentro de cada homem desde os primórdios.

Essa geração, lindona, ou mesmo homens que carregam em si essas características de desapego, certamente se mantém por conta de que eles acabam se sentindo garantidos… As mulheres tendem a fazer de tudo para ter a atenção exclusiva deles e isso alimenta ainda mais esse desapego: pois sabem que sempre conseguirão aquilo o que querem e há qualquer momento.

No mais, lindona, essa dica é extremamente poderosa e, sabendo usar da maneira correta, certamente você vai conseguir aquilo o que quer. E se você quiser se aprofundar mais ainda em outros tipos de perfis e ainda dominar as técnicas que envolvem a arte da atração, da sedução e da conquista, lindona, o que você vai fazer é SE INSCREVER, clicando nesse link, no curso que vai te ensinar tudo isso (e muito mais).

E se inscrevendo agora, amiga, vou te presentear, no ato da tua inscrição, com 30 dias para falar diretamente comigo através do CLUBE DA MULHER MAGNÉTICA, onde você poderá tratar de assuntos como esse comigo e esclarecer suas dúvidas mais imediatas… E aí? Vai deixar passar essa? Mas, inscreva-se logo, amiga, pois as vagas no clube são limitadas.

Vem comigo, amiga… Te espero.

Vanessa de Oliveira.