Seja poderosa, sedutora e magnética

Home / Home / FIM DO RELACIONAMENTO? NEM TUDO ESTÁ PERDIDO

O Maior Portal de Cursos Online Para Mulheres do Brasil

FIM DO RELACIONAMENTO? NEM TUDO ESTÁ PERDIDO

SHARE
, / 807 0

O que você aprendeu com cada relacionamento?

Amiga linda, procure entender que as pessoas passam por nossas vidas deixam aprendizados, que podem ser através de boas ou más experiências. Tenha em mente que cada relacionamento que você viveu foi importante para que aprendesse alguma lição em determinado momento. E se ainda tem alguma dúvida, aqui vão alguns exemplos do que você pode ter aprendido com um relacionamento que acabou:

1 – O sofrimento sempre tem hora para acabar

Todo mundo já teve um relacionamento que chegou ao fim e com ele veio também aquele sofrimento e aquela vontade de chorar que parecem ser intermináveis. Pois bem, certamente, com esse relacionamento você aprendeu que os sentimentos ruins têm hora para acabar e que, felizmente, eles se transformam em experiências de vida.

Tudo passa, lindona, mas o aprendizado fica para sempre!

2 – É possível mudar os outros?

Esse, talvez, seja o aprendizado mais valioso que você pode levar para um próximo relacionamento. As pessoas mudam por vontade própria e não porque suas namoradas, amigos ou esposas querem. No seu relacionamento passado, você aprendeu que tentar mudar o outro pode ser desgastante e, diferente disso, aceitar as diferenças ou procurar alguém mais parecido com você pode resultar em um relacionamento mais leve e sem tantas cobranças.

3 – Prepare a si mesma para o relacionamento sério

Às vezes nos submetemos a relacionamentos que acabam se encaminhando naturalmente para um compromisso mais sério, mas isso não quer dizer que estávamos preparadas e tampouco querendo, desesperadamente, esse ou aquele modelo de relação… Essa situação te ensinou a prestar mais atenção em suas vontades e saber se respeitar, assim como falar “não” quando sentir que deve.

Ceder, simplesmente para manter o relacionamento, pode acabar com a tua autoestima num instante e, daí, quando você estiver sozinha e vê-lo com outra, não adianta chorar pelo leite derramado ao se dar conta que a nova parceira dele é muito parecida contigo, aliás, certamente ela será muito parecida com o que você representava antes de se transformar para agradá-lo.

4 – Aprenda a lidar com sentimentos diversos

Se em alguma parte do seu relacionamento você se sentiu rejeitada, traída ou qualquer outra sensação não tão boa, hoje você sabe lidar com isso. Você aprendeu o que te desagrada, o que você tolera e o que faz você perder a paciência. O autoconhecimento é uma recompensa e tanto para qualquer pessoa e apenas obtemos isso através das experiências.

Evite permanecer, apenas, no nível do “entendimento” ao passo que é muito importante, amiga, que você se de conte que:

A experiência supera o entendimento.

O problema é quando, mesmo após o equívoco, você passa a insistir nas mesmas cagadas, seja escolhendo caras com valores completamente avessos ao teu, ou mesmo, não trabalhando em ti os comportamentos que você sabe que podem estar prejudicando as tuas relações.

5 – Aprenda a ser menos egoísta

Seja qual for o tipo do relacionamento que você vivenciou, certamente você sabe, agora, que se relacionar exige entrega. Ceder em alguns pontos para fazer o outro feliz e vibrar com as conquistas que não são suas, mas do seu parceiro, é uma experiência enriquecedora e que serve de base para qualquer relacionamento.

Devemos ser como um terreno fértil para que o outro semeie… Da mesma maneira, o outro deve se colocar na mesma condição.

6 – Aprenda a ser “mais” egoísta

Se, no seu caso, o problema foi de não saber dizer “não” e sempre fazer tudo o que o seu parceiro pedia ou queria, não ache que tudo foi perdido. Com isso, você pôde aprender que é preciso dar valor aos seus sentimentos e que não existe relacionamento saudável sem troca de experiências e sem que os dois cedam às vontades do outro de vez em quando.

7 – Trabalhe a paciência

A paciência é uma habilidade passível de ser desenvolvida

Por mais que você fosse parecida com seu parceiro, em algum momento você precisou exercitar a habilidade da paciência. E isso é muito bom, lindona! Vivenciar e entender, na prática, que nós não somos todos iguais, nos faz entender que é preciso se adaptar ao perfil do outro e ter paciência quando ele tem opiniões e costumes diferentes dos nossos.

8 – Reconheça seus defeitos e qualidades

Um relacionamento é o espelho da personalidade de duas pessoas dividindo uma caminhada. Seu parceiro certamente te ajudou a descobrir alguns medos, alguns defeitos e também boas qualidades. Saber o que funcionou e o que não foi tão legal assim e como isso influencia sua personalidade faz com que você evolua muito na escala do autoconhecimento.

9 – Invista no amor próprio

Se acabou, certamente chegou a hora de você dar mais prioridade para você do que para o seu parceiro ou para o seu relacionamento. Você aprendeu que o amor próprio é essencial para que possa existir amor pelo outro, sendo assim, se gostar e se admirar em primeiro lugar é mais importante do que viver uma vida a dois.

Vem comigo, lindona, que temos muito ainda a trocar e a aprender.

E se você gostou dese texto e ainda não me conhece, lindona, saiba que eu, Vanessa de Oliveira, venho estudando o comportamento humano nas relações já há anos e, como autoridade na área de relacionamentos proponho ensinar às minhas alunas o conhecimento capaz de ajudá-las a se autoconhecerem para que possam se desenvolver num amplo espectro da vida pessoal, social, amorosa, profissional e por aí vai…

Certamente, lindona, ao se inteirar mais sobre os ensinamentos que passo através dos meus cursos, você sairá uma mulher verdadeiramente poderosa. São anos e anos, ajudando milhares de mulheres e os depoimentos a seguir falam por si, olha só:

Esses são apenas alguns, entre os milhares, dos depoimentos que recebo dia após dia, miga e não param. Eu acredito que, como uma mulher inteligente, se você chegou até aqui, certamente você está disposta e quer muito ir mais adiante, não é mesmo?

Estamos falando de um aprendizado que envolve o conhecimento sobre as estruturas comportamentais e, para isso, amiga, basta você seguir direitinho as minhas instruções e estar aberta para aprender mais sobre si mesma e sobre os homens, que a coisa simplesmente vai acontecer até mesmo sem que você perceba… Quando viu, já foi… tipo isso…

Amiga… Além de você aprender sobre O Poder da Autoestima Inabalável que tem a ver com quando uma mulher decide realmente ser poderosa e autoconfiante, você também vai aprender sobre técnicas de sedução em “Seja Sedutora Acima de Tudo”, um módulo que você irá aprender como usar seu poder de conquistar e reconquistar os homens, ao final dele, amiga, certamente você estará pronta e saberá tudo sobre as técnicas de sedução e como fazer com que ele se interesse e se apaixone novamente por ti.

Agora, o melhor de tudo, amiga – e acho que isso aqui vai funcionar mais do que qualquer remédio -, está no módulo: Como Ser Uma Deusa… Nesse módulo você irá aprender sobre como ser uma Mulher Bem Resolvida na Cama, aprendendo tudo sobre sexo e, também, sobre qual a importância desta poderosa energia na sua vida!

Você irá aprender como realmente se tornar uma Mulher com Peito de Aço, capaz de colocar novamente a sua vida amorosa e SEXUAL em ordem, lindona… Vamos lá? Ahh… Antes que eu me esqueça, que tal obter acesso também ao Clube da Mulher Magnética? Ao acessar o curso, você terá 30 dias GRÁTIS para falar comigo lindona… Bora lá… Te espero…

Mas corre, pois as vagas do Clube são limitadas.

Te espero, amiga…

Beijos…

Vanessa de Oliveira.

Ahhh… Amiga, se quiser participar do meu  grupo de perguntas e respostas no Instagram e se inteirar sobre dicas práticas e incríveis, todos os dias…

Clique aqui e acesse meu Insta, agora mesmo!

34, 76