Seja poderosa, sedutora e magnética

Home / Traição / QUER TER SUCESSO NAS RELAÇÕES? DOME AS SUAS EMOÇÕES

O Maior Portal de Cursos Online Para Mulheres do Brasil

QUER TER SUCESSO NAS RELAÇÕES? DOME AS SUAS EMOÇÕES

SHARE
, / 1781 0

Hoje em dia é muito comum você escutar o termo “inteligência emocional“. Acontece que pouco se sabe sobre isso na prática, lindona, e a verdade é que as emoções não pensam, elas acontecem. O que eu quero te ensinar é sobre Como domar as tuas emoções, através do uso da razão, e evitar que elas (emoções) te tornem uma mulher reativa e impetuosa…

A maioria das mulheres responde emocionalmente ao meio e isso é péssimo. Essa é uma vantagem que os homens têm sobre nós, mas que é possível sim desenvolver e passar a atuar mais razoavelmente sem se deixar levar pelo emocional.

Se você parar para pensar, lindona, o calcanhar de Aquiles dos homens não é o emocional e sim o instinto. Não à toa o homem consegue se controlar e se manter centrado em situações que envolvem a emoção e que certamente nós, mulheres, já teríamos surtado… Mas, quando o momento mexe com os instintos dele… hum… daí a coisa fica feia e nem sempre a razão consegue falar assim “tão alto” assim.

Mas… Como estamos aqui falando das mulheres e das suas emoções… Vamos lá:

Em primeiro lugar, Amiga linda, é necessário que você compreenda o que é o trauma:

Como trauma, compreendemos uma espécie de lesão emocional que ocorre como resultado de uma experiência dolorosa e de grande sofrimento, tanto emocional quanto físico.

A partir disso, a consequência do trauma é o medo desmedido, exacerbado e que desencadeia um estresse tremendo na pessoa quando ela se percebe próxima ou vivenciando uma situação parecida com aquela que lhe causou dano. Após um evento traumático, é comum que a pessoa desencadeie comportamentos obsessivos compulsivos, fobias ou mesmo transtornos como o de pânico, por exemplo.

O trauma gera uma série de “gatilhos” na pessoa e é aí onde mora o perigo: a pessoa vira uma bomba relógio viva.

Diante de situações capazes de evocar qualquer um desses “gatilhos”, a pessoa passará a agir de modo a se defender daquela situação, ainda que a circunstância seja completamente diferente daquela causadora do trauma… Por exemplo: pense numa mulher que foi assaltada numa rua escura e sofreu um impacto emocional tão forte capaz de gerar o trauma. Daí, em outro momento, essa mesma mulher está lá, linda e bela no cinema e de repente as luzes se apagam e subitamente ela entra em pânico… É disso que eu estou falando, percebe, Amiga? Veja: o fato de ela ter sido assaltada numa rua escura, fez com que a própria escuridão do cinema desencadeasse o processo de pânico, compreende? Ainda que a escuridão tenha sido o gatilho, nada tem a ver com a situação de perigo real em si mesmo.

É claro que o exemplo que dei, diz respeito a uma situação extrema, mas usei esse exemplo para ficar clara a importância de você refletir sobre o cenário que está vivenciando e se esse, desperta desconfianças REAIS, que justifiquem seus medos ou se realmente são frutos, apenas, de pensamentos persecutórios desencadeados por traumas.

Vamos pensar numa situação em que uma mulher, que foi traída pelo marido, descobre que a sacanagem acontecia nos momentos em que ele mentia que estava fazendo horas extras no trabalho. Daí essa mulher depois de se afastar do canalha, se envolve com outro rapaz que, em certo momento, diz que não poderá encontrá-la, pois terá que dar uma esticadinha no trabalho… Consequência disso: a mulher surta com o rapaz.

Vamos lá, Lindona… Vamos entender o processo que ocorreu na cabeça da moça:

  1. O cara diz que terá de dar uma esticada no trabalho e desmarca com ela;
  2. Há o desencadeamento de pensamentos na cabeça dela, fruto das experiências passadas, do tipo: “Deve estar me traindo, aquele canalha…”; “Homem nenhum presta…”; “Isso não pode estar acontecendo comigo novamente…”;
  3. Ela se sente mal, frustrada, insegura, o que pode desencadear comportamentos agressivos, prejudicando a relação.

Percebe, Amiga, como acontece o processo na nossa cabeça e na maioria das vezes nem nos damos conta? Partindo desse entendimento, desse modelinho que passei : 1 – 2 – 3 (situação que gera o gatilho, seguido dos pensamentos que geram as emoções e comportamentos), a saída é se manter atenta quando isso acontecer e antes de surtar, verifique se existe evidências que sustentem os fatos.

Esse é o momento em que você deve desafiar a si mesma com perguntas coerentes, lindona. O fato de você se fazer essas perguntas é exatamente o processo de colocar a razão à frente das tuas emoções deformadas por situações traumáticas anteriores… Entendeu como funciona?

Você pode parar, observar o que você está pensando e, usando o exemplo dos pensamentos citados acima, confrontá-los com perguntas do tipo: “Qual a evidência que ele está me traindo?”; “Será que realmente nenhum homem presta?”; “O que o fato de ele ter de ficar até mais tarde no trabalho tem a ver com ele ser um canalha?”.

Olha só, Amiga… Refletir sobre isso já ajudará para que teus pensamentos não te dominem a ponto de te fazerem agir precipitadamente. Com o tempo você vai se acostumando a questionar teus próprios pensamentos, para que eles não sejam capazes de alimentar emoções negativas em ti, o que promoverá, consequentemente, para evitar que você faça bobagens.

Caso você se sinta confusa, procure alguém neutro, e da tua confiança, e exponha os fatos para que essa pessoa possa te ajudar a enxergar a situação sem distorções… Isso porque essa pessoa que você escolheu, por não estar emocionalmente envolvida emocionalmente, será capaz de perceber a realidade sem contaminações.

O ideal seria que, após uma situação mal resolvida, como uma traição, você buscasse uma ajuda de um terapeuta, mesmo que fosse só para resolver isso, pois acredite: vale a pena… Melhor do que você ficar condenando suas chances de se relacionar por estar condicionada a acreditar que, por conta de ter sofrido no passado, está fadada a sofrer o resto da vida. O trauma é capaz de paralisar, Lindona… Portanto: livre-se dele.

Pense nisso, Amiga Linda e é por isso que digo para que invista mais em você mesma e aprenda a te valorizar…

Quando estiver forte e bem resolvida, dificilmente você será enganada, primeiro porque homem nenhum vai se dispor a colocar em risco a relação contigo e ainda que ele faça, porque se trata de um mal caráter, em vez de você chorar as pitangas por aí, vai é sair de cena, certa de que quem perdeu foi ele e que algo muito melhor está reservado para ti.

A minha pergunta para ti, lindona é: Mesmo depois dessa nossa conversa, será que você está realmente preparada para se tornar essa mulher poderosa e que controla as próprias emoções?

Te perguntei isso, amiga, porque sei da dificuldade de muitas mulheres em se transformar, em se lapidar em prol de se tornar uma mulher mais poderosa e mais desenvolvida, não só pessoalmente, mas em todas as áreas da vida… Mas você não precisa mais se preocupar, amiga, não precisa mais sofrer e continuar dessa maneira, perdida, reativa e, por consequência disso, fadada a relacionamentos pobres e vazios…

Eu, Vanessa de Oliveira, venho estudando o comportamento humano nas relações já há anos e, como autoridade na área de relacionamentos, proponho ensinar a você o conhecimento capaz de ajudá-la a se autoconhecer para se desenvolver num amplo espectro da sua vida pessoal, social, amorosa, profissional e por aí vai…

Vou te contar tudo o que sei através de vídeos incríveis e ainda falar diretamente com você através do Clube da Mulher Magnética, onde conseguiremos, juntas, melhorar as suas situações mais emergenciais nos relacionamentos e sanar suas dúvidas sobre conquista, sedução, atração, sexo…

Certamente, lindona, ao se inteirar mais sobre os ensinamentos que passo através dos meus cursos, você sairá uma mulher verdadeiramente poderosa e terá total domínio sobre as suas emoções. São anos e anos, ajudando milhares de mulheres, amiga e os depoimentos a seguir falam por si, olha só:

Esses são apenas alguns, entre os milhares, dos depoimentos que recebo dia após dia, miga e não param. Eu acredito que, como uma mulher inteligente, se você chegou até aqui, certamente é porque chegou o momento da tua mudança e você sabe o quanto clamou por esse momento, não é mesmo?

E se você pensa que existe alguma “magia aí”, nada disso, lindona… Apenas, venho aprimorando as minhas técnicas e orientando para que as mulheres consigam desenvolver nelas mesmas… Apenas isso…

Estamos falando de um aprendizado que envolve o conhecimento sobre as estruturas comportamentais e, para isso, amiga, basta você seguir direitinho as minhas instruções e estar aberta para aprender mais sobre si mesma e sobre os homens, que a coisa simplesmente vai acontecer até mesmo sem que você perceba… Quando viu, já foi… tipo isso.

Durante anos venho me dedicando aos estudos profundos sobre as relações humanas e o resultado, são os cursos que, te garanto, vão realmente te ajudar a se tornar uma mulher melhor em todos os sentidos, amiga… O lha só, por exemplo o que preparei para ti no meu curso Mulher Magnética: 30 dias para mudar a sua vida:

Módulo 01 – O Poder da Autoestima Inabalável

No Módulo 01 você terá acesso ao primeiro pilar: quando uma mulher decide realmente ser poderosa e autoconfiante, ou seja, vamos trabalhar a sua autoestima.

Módulo 02 – Seja Sedutora Acima de Tudo

No Módulo 02 Você irá aprender como usar seu poder de conquistar e reconquistar os homens, ao final dele você estará pronta e saberá tudo sobre as técnicas de sedução e como fazer com que os homens se interessem e se apaixonem por você!

Módulo 03 – Como Ser Uma Deusa

No Módulo 03 Você irá aprender sobre como ser uma Mulher Bem Resolvida na Cama, aprendendo tudo sobre sexo e, também, sobre qual a importância desta poderosa energia na sua vida!

Está está convencida? Pois então, que tal receber também acesso ao Clube da Mulher Magnética e falar diretamente comigo por 30 dias (grátis) e esclarecer todas as suas dúvidas, heim? Que tal?

CLICA AQUI AGORA e acesse, lindona…

Apenas, peço para que você faça isso o quanto antes, pois as vagas no Clube da Mulher Magnética são limitadas e, caso você não consiga entrar agora, ficará em uma fila de espera e assim que forem abrindo mais vagas, você será notificada e poderá usar esse bônus em outro momento sem nenhum custo adicional.

Esse é o passo a passo perfeito para despertar a Mulher Poderosa que há em você e fazer com que se faça preparada para lidar com situações como essa, a qual acabamos de conversar. Muitas vezes você pode estar se sentindo fraca, amiga, esgotada e sem forçar para dar um rumo na tua vida, mas isso acontece exatamente por conta desas questões que frisei aqui sobre “o terreno infértil” que se tornam as relações… Certamente você está desnutrida emocionalmente, lindona e o emocional da mulher é a energia vital capaz de fazê-la se projetar e se desenvolver em todas as esferas da vida.

Até mais, amiga… Espero ter te trazido algum luz…

Saia do senso comum, amiga, e entre no universo das mulheres poderosas e que sabem da alquimia do amor e que não se abandonam JAMAIS.

Tô te esperando… Beijos.

Vanessa de Oliveira.