Seja poderosa, sedutora e magnética

Home / Seja Poderosa / O QUE MOTIVA UM PAI DE FAMÍLIA A ABANDONAR O LAR?

O Maior Portal de Cursos Online Para Mulheres do Brasil

O QUE MOTIVA UM PAI DE FAMÍLIA A ABANDONAR O LAR?

SHARE
, / 7 0

Vamos ser realistas, amiga: É óbvio que a gente não quer incitar um cara a abrir mão da família dele para ficar com a gente, a grande questão é que isso acontece, não por conta de outra mulher, mas por causa dos conflitos internos dele próprio e a “amante”, no caso, não deve se sentir culpada, já que, por se tratar de questões dele mesmo, se não for por com dela, certamente será com outra e ponto final.

Já disse milhares de vezes que:

A mulher perde a razão por conta da emoção, enquanto o homem submete a razão ao instinto.

E não sou eu quem está dizendo isso, amiga… Se você parar para pensar, só um pouquinho, vai ver que a natureza construiu o cérebro do homem para responder de uma maneira e do da mulher para responder de outra. Por isso chegamos até aqui como espécie dominante e sem qualquer predador acima de nós, humanos, se não a nós mesmos… tô errada?

Perceba só a maneira como a gente olha para um homem e a maneira como um homem olha para uma mulher: Enquanto as mulheres se encantam com as qualidades do cara, valores, firmeza, valentia… os cara olham para a gente mais focados nos nossos atributos físicos para, somente depois, com o tempo, passarem a se encantar com as nossa qualidades, habilidades e valores.

Isso porque a primeira coisa que o homem vê é sexo, enquanto a primeira coisa que a mulher vê é parceria… (é claro que há sim exceções).

Mas… vamos lá. O assunto aqui é “o que leva o cara a abrir mão da “segurança do seu lar“…

Em primeiro lugar, lindona, você deve entender um conceito de “IDENTIDADE”.

Quando falo de “Identidade”, refiro-me às inúmeras facetas que assumimos no nosso dia a dia e que confundimos como sendo agente mesma… exemplo: você vai trabalhar e se veste de acordo com o que manda o figurino, certo? Daí por diante, você passa a se comportar de determinada maneira e tem atividades específicas, como, liderar uma equipe, realizar funções operacionais, relacionamentos, certo limite de tolerância etc, etc, etc…

Se você para para pensar, o objetivo dessa Identidade profissional está relacionada com uma posição específica no mercado, com um nível salarial e uma certa “realização que você determina como sendo o teu “ideal”…. faz sentido?

Pois bem…

Imagine agora uma novela em que essa Identidade tua será interpretada por uma atriz… Quem se encaixaria bem no papel? Como ela se comportaria? De que maneira se relacionaria com as pessoas no ambiente de trabalho?

Pense agora, amiga, nessa personagem, interpretada por essa atriz, que veste determinado figurino e fala e se comporta de determinada maneira, sendo colocada num ambiente com duas crianças no colo dela, um almoço para fazer e uma pilha de roupa esperando para passar… Faria sentido? Certamente ela pareceria um pouco descontextualizada, não é mesmo?

Enfim… Pense agora no homem, que se apaixonou por uma mulher, se casou com ela e de repente se vê assumido a identidade de marido – que assume questões administrativas da relação -, ao passo que, em dado momento, esse mesmo homem, que se “vestiu” de marido, agora passa a se ver envolvido pela identidade de pai… Entende aonde eu quero chegar?

No mais, lindona, para quem é pai ou mãe, sabe bem o quanto se acaba negligenciando as outras identidades por conta da demanda intensa do bebê, principalmente nos primeiros aninhos…

Por desconhecer tudo isso (o que estou propondo aqui), muitas vezes a Mulher se abandona e deixa de cuidar de si… se acha feia e desajeitada, dedicando-se, exclusivamente à identidade Mãe, que passa a assumir o controle. É aí que a coisa aperta e, do mesmo modo, acontece também com o homem.

Ocorre que, diferente das mulheres, o cara fica “inteirão”, ou seja, o corpo dele não se deforma e, por conta de que o bebê  é muito mais dependente da mulher nos primeiros anos, do que dele, ele acaba tendo tempo para cuidar de si, ou “da Identidade homem”, que acaba, rapidamente, requerendo o espaço dele no jogo social da vida.

Daí, amiga, enquanto a maioria das mulheres se entrega à identidade materna e vive apenas ao que se refere e atende às demandas da criança, o cara, rapidamente, volta a sentir as necessidades voltadas ao “homem” nele… Não à toa, com o filho já mais independente, ele é capaz de se atrair por outra mulher e é nesse momento em que se corre o risco de ele acabar se apaixonando por outra.

Veja, lindona, que não estou ignorando as exceções e tampouco justificando a traição masculina… Diferente disso, estou, apenas, partindo de princípios naturais para que você possa compreender uma questão básica:

O homem é motivado pelos instintos e pode acabar se apaixonando.

Isso significa que não possa acontecer o mesmo com a mulher? Claro que pode… apenas é uma exceção quando isso acontece. Raramente você vai ver mulheres abandonando seus filhos e lares por nada, ou por alguma aventura qualquer… enquanto os homens, dominados pelos instintos, naturalmente são capazes de fazer isso com mais frequência e sem qualquer tipo de remorso.

Portanto, lindona, se você é mãe, uma dica: jamais deixe de cuidar da mulher que está em você e que – com o passar do momento da urgência materna -, certamente retornará. Agora, se você estiver prestes a fazer o papel da amante: apenas cuide para que você não seja exposta, pois, se não for com você, certamente será com outra… guarde isso…

Uma mulher não pode ser culpada por “destruir um lar”, pois isso jamais acontecerá se o cara não for capaz de passar por cima dos próprios valores dele. Pensar diferente disso é meramente um pensamento motivado por uma cultura patriarcal que nos assola e nos aliena por milênios… Pense se fosse o contrário: Você acha que o cara se sentiria mal de “requisitar” a mulher do outro para ele? Certamente não, amiga… Eles não se importam com isso, alias… sentem-se até “mais poderosos” quando isso acontece.

Faz sentido isso para ti?

Se sim, compartilhe, então, co outras mulheres e isso também as ajudará.

E se você gostou dese texto e ainda não me conhece, lindona, saiba que eu, Vanessa de Oliveira, venho estudando o comportamento humano nas relações já há anos e, como autoridade na área de relacionamentos proponho ensinar às minhas alunas o conhecimento capaz de ajudá-las a se autoconhecerem para que possam se desenvolver num amplo espectro da vida pessoal, social, amorosa, profissional e por aí vai…

Certamente, lindona, ao se inteirar mais sobre os ensinamentos que passo através dos meus cursos, você sairá uma mulher verdadeiramente poderosa. São anos e anos, ajudando milhares de mulheres e os depoimentos a seguir falam por si, olha só:

Esses são apenas alguns, entre os milhares, dos depoimentos que recebo dia após dia, miga e não param. Eu acredito que, como uma mulher inteligente, se você chegou até aqui, certamente você está disposta e quer muito ir mais adiante, não é mesmo?

Estamos falando de um aprendizado que envolve o conhecimento sobre as estruturas comportamentais e, para isso, amiga, basta você seguir direitinho as minhas instruções e estar aberta para aprender mais sobre si mesma e sobre os homens, que a coisa simplesmente vai acontecer até mesmo sem que você perceba… Quando viu, já foi… tipo isso…

Amiga… Além de você aprender sobre O Poder da Autoestima Inabalável que tem a ver com quando uma mulher decide realmente ser poderosa e autoconfiante, você também vai aprender sobre técnicas de sedução em “Seja Sedutora Acima de Tudo”, um módulo que você irá aprender como usar seu poder de conquistar e reconquistar os homens, ao final dele, amiga, certamente você estará pronta e saberá tudo sobre as técnicas de sedução e como fazer com que ele se interesse e se apaixone novamente por ti.

Agora, o melhor de tudo, amiga – e acho que isso aqui vai funcionar mais do que qualquer remédio -, está no módulo: Como Ser Uma Deusa… Nesse módulo você irá aprender sobre como ser uma Mulher Bem Resolvida na Cama, aprendendo tudo sobre sexo e, também, sobre qual a importância desta poderosa energia na sua vida!

Você irá aprender como realmente se tornar uma Mulher com Peito de Aço, capaz de colocar novamente a sua vida amorosa e SEXUAL em ordem, lindona… Vamos lá? Ahh… Antes que eu me esqueça, que tal obter acesso também ao Clube da Mulher Magnética? Ao acessar o curso, você terá 30 dias GRÁTIS para falar comigo lindona… Bora lá… Te espero…

Mas corre, pois as vagas do Clube são limitadas.

Te espero, amiga…

Beijos…

Vanessa de Oliveira.

Ahhh… Amiga, se quiser participar do meu  grupo de perguntas e respostas no Instagram e se inteirar sobre dicas práticas e incríveis, todos os dias…

Clique aqui e acesse meu Insta, agora mesmo!


27