Seja poderosa, sedutora e magnética

Home / Traição / COMO SABER SE ELE ESTÁ TE TRAINDO?

O Maior Portal de Cursos Online Para Mulheres do Brasil

COMO SABER SE ELE ESTÁ TE TRAINDO?

SHARE
, / 86520 0

A traição, Amiga linda, é uma ação capaz de afetar esferas da nossa vida que vão desde a esfera psicológica (causando neuroses), até outras, como a emocional (gerando traumas); social (afetando a família e grupos de amigos); profissional (mau rendimento no trabalho e desmotivação) e física (má alimentação, negligência com a saúde preventiva – atividade física)… Portanto: fique atenta e evite ser acometida por esse mal.

O simples fato de haver suspeita sobre a traição já é um desgaste emocional terrível, não é mesmo? Tanto, Amiga, que às vezes, parece que é melhor ter certeza de que fomos traídas do que permanecer na dúvida e na insegura… Isso realmente nos consome.

Entretanto, Lindona, é necessário tomar cuidado para não levantar suspeitas infundadas sobre a possibilidade da traição, caso as suspeitas sejam infundadas, ocorrerá inevitavelmente o desgaste da relação, ao passo que, mesmo que sejam embasadas em evidências, ainda há o cuidado em agir de maneira sorrateira para que ele não tenha tempo de se proteger ou se cuidar e finalmente seja pego.

Para tanto, Linda, enumerei alguns itens que tratam sobre possíveis indícios de que ele possa estar te traindo – ou em vias de – o que, como disse: se tratam de sinais, portanto, não cabe a você ficar neurótica. Caso se identifique com alguma (ou algumas) situação, apenas redobre a atenção para não ser feita de trouxa ou até mesmo para ser capaz de evitar… Lembrando que muitos homens traem apenas por trair e quanto mais você facilitar… Já viu, né?

  1. Mudanças súbitas de horários na rotina dele

Naturalmente quando nos relacionamos com alguém, em pouco tempo somos capazes de nos adequar às suas rotinas, sejam elas referentes a trabalho ou mesmo no que se refere ao social, não é mesmo, Amiga? Tanto num início de relação quanto num casamento, as rotinas surgem como um mapa do dia a dia do outro e isso nos dá chance de ficar mais atentas no caso de haver alterações repentinas.

O ideal, quando surgem essas alterações na rotina, é que você mantenha a calma em primeiro lugar: observe a forma como ele abordará o tema e se fará questão de lhe trazer evidências sobre o fato ou se apenas permanecerá no superficial. Evite demonstrar desconfiança, pois se ele estiver dizendo a verdade, você estará dando indícios da sua suspeita, ao passo que, por outro lado, se houver algo obscuro por trás, você estará dando a chance de ele se proteger ou agir com mais cautela, o que tornará mais difícil a possibilidade de você vir a desmascará-lo.

O tempo é muito importante quando o homem (tanto quanto a mulher) decide trair, pois é a partir dele onde tudo acontece. As pessoas precisam se alinhar com o tempo para executar a traição… É como um jogo de paciência onde se faz necessário equalizar o momento certo e a hora certa. Por isso, Amiga, certificar-se das ações dele, além do habitual, é o que oportunizará para que levante evidências o suficiente para pô-lo contra a parede e, quando possível, arrancar a verdade.

Muitos homens, lindona, são capazes até mesmo de arranjarem discussões infundadas apenas para ganharem tempo e se ausentarem. Não foram poucos os casos de traições, que tive a oportunidade de trabalhar, aonde os caras chegavam até mesmo a dormir fora – movidos pela briga – como álibi para trair.

Seguindo por esse raciocínio, Amiga, vamos para o próximo tópico, que diz exatamente sobre as situações que envolvem as:

  1. Discussões infundadas

Quando você for capaz de notar esses primeiros indícios, naturalmente a sua atenção redobrada fará com que ele se sinta acuado… Responda para si mesma, amiga: Como age um animal acuado? Exatamente: ele ataca.

Nesse caso, vários outros pequenos sinais serão capazes de surgir, como a agressividade desmedida por parte dele, que poderá envolver até mesmo ataques a sua conduta, revelado nos dizeres “Você me sufoca…” ou mesmo um “Você está desconfiando de mim?”… Caberá a você domar a situação no momento e evitar que ele vença se servindo de ardis psicológicos, pois saiba que geralmente um traidor metido a esperto costuma vestir o papel de ofendido. Fique ligada nisso.

Lembre-se, amiga: é importante agir sempre com classe a fim de evitar barracos.

Uma mulher PODEROSA é sutil como uma pantera ao passo que se mostra apenas quando não há a possibilidade da presa escapar.

Observe, amiga – levando em conta de que estamos tratando da possibilidade de poder ocorrer traição – as pequenas ações dele tal como a forma que passará a lidar com seu celular (manter o celular por perto; com senha; o simples fato de te olhar quando chega alguma mensagem; até mesmo se leva o celular para o banheiro; se demora em atividades simples, como ir à padaria ou ao dizer que esqueceu algo no carro como se quisesse ganhar algum tempo sozinho…).

Enfim… Quando se trata da privacidade do celular, o recomendável é que não haja privacidade, visto que em uma relação de confiança, não há o que esconder do outro, ao contrário: ocultar ou privar o outro das suas conversas com terceiros apenas colaboram para o aumento da insegurança, o que não é nada saudável para a relação. Mas não vá também querer arrancar tudo do cara na primeira semana de relação, heim mulher…? Tenha bom senso se não quiser botar o cara para correr antes mesmo de se envolverem.

Certa vez lidei com um caso onde o marido se servia do celular para flertar com outras mulheres enquanto fingia estar tomando banho… Triste, né, Amiga? Numa relação é importante você ter em mente essas possibilidades para que estabeleça isso no pré-acordo: o celular de ambos é público. Claro que deve levar em conta a solidez que se constrói no tempo da relação, né?

Fazendo um pequeno adendo:

Já vi muitas mulheres abrirem mão da própria privacidade enquanto os caras mantinham as deles. Tudo é troca… É importante saber negociar e fique sabendo, Amiga: todo o homem é territorial, o que significa que vai querer ter controle sobre você e é aí onde entra a troca: ele acessa as suas coisas contanto que você possa acessar as dele também. Caso ele não se importe “por onde tu andas e aonde vai” é porque ele não está afim de você… Pode estar contigo apenas até encontrar alguém que o preencha de uma melhor maneira.

Portanto, se notar que o cara não tá nem aí para ti… Caia fora antes que ele te troque por outra. Quem sabe essa atitude não seja capaz de fazer com que ele se ligue que não está com essa bola toda, ao ponto de coloca-lo de volta no teu caminho, não é mesmo?

Agora, voltando ao assunto…

Levando em conta esses pequenos sinais e situações, Amiga, você criará o ambiente para que ele se sinta cada vez mais acuado e é aí onde as discussões partidas dele podem começar a surgir. Claro que todo o casal discute, mas observe as motivações que o levam a discutir, principalmente se elas forem seguidas de ausências por parte dele (desligar o celular; passar um tempo sem dar as caras)… Lembre-se que o espaço de algumas horas é o suficiente para se fazer besteiras. Você se lembra do caso da mulher – deu o maior bafafá nas redes sociais – que traía o marido enquanto dizia para ele que estava fazendo as unhas? Digita aí no google “Fabíola, fazer unhas”… Pois bem…

Dependerá muito do valor que a outra tiver para ele comparada com a importância que ele dá para a relação de vocês. Caso seja apenas uma necessidade biológica mesmo “transar por transar”, será certo que ele, ao perceber que você está atenta, desistirá da empreitada para não comprometer a relação que tem contigo. Homens são egocêntricos e quando aparece um rabo de saia dando mole, podem se tornar idiotas também ao ponto de traírem como se não houvesse amanhã – fato que se revelará caso você facilite situações que promovam e alimentem desentendimentos entre vocês.

Mulher é um bicho besta mesmo, ao ponto de que muitas vezes, após se deparar com essa situação (discussão seguida de ausência), por não ter certeza (ou não querer ter), acaba recebendo o cara de volta como se nada tivesse acontecido. Quando se escuta (por tantas vezes) aquele jargão “não existe esse negócio de tempo” é porque sabemos o que esse “dar um tempo” significa, não é mesmo, Mulher??? “Dar tempo” é o mesmo que tirar uma folga da relação… Simples assim.

  1. Mudanças abruptas no visual

Quando convivemos com o outro, Amiga, é natural nos habituarmos à maneira como normalmente ele se veste, confirma? Pois bem… O cara quando está flertando com outra que pode envolver os ambientes do seu dia a dia, como do trabalho, por exemplo, naturalmente se predisporá a estar mais elegante ou perfumado e isso também diz respeito a nós mulheres, basta observar a si mesma quando está interessada em alguém: em sua própria postura; na maneira como se lança a chamar a atenção; o perfume que usa… Consegue recordar o quanto você se torna mais radiante quando há um homem em potencial? Da mesma forma acontece com os homens: o cuidado (não habitual) com a aparência podem revelar muitas coisas.

Dependendo do tempo de convivência, fica muito mais fácil observar essas nuances porque a rotina do outro passa a fazer parte também da nossa rotina. Não se deve ignorar jamais, Amiga linda, esses pequenos sinais, levando em conta que você pode estar sim lidando com uma situação inevitável onde será trocada por outra – nesse caso, descobrir o quanto antes é o melhor que pode fazer para evitar perder seu tempo numa relação falida – mas, mesmo não sendo trocada pela amante, o fato de negligenciar sinais ou até mesmo evidências, colaborará para facilitar puladas de cerca recorrentes com o fim puramente sexual mesmo.

Comportamentos voltados para a aparência são indícios poderosos de que algo no próprio ambiente está gerando uma motivação a qual não existia antes. Observado isso, Lindona, esteja atenta aos outros sinais que já descrevi nos tópicos acima.

Percebe, Amiga, que não é necessário se expor para se dar conta dessas situações? Basta apenas que você fique atenta. De vez em quando, peça para usar o celular dele, para qualquer coisa, e observe a reação dele… Simples assim. A questão é que se fizer isso habitualmente, criará nele também o hábito de apagar conversas ou mensagens que possam soar como comprometedoras… Daí ficará mais difícil para descobrir caso haja alguma sacanagem… Portanto, aprenda a ser imprevisível.

  1. O homem perfeito

Para amenizar a culpa de uma traição, miga, é natural ver o outro se lançar a nos tratar bem (além do costumeiro), como forma de se redimir. Isso atenua a culpa do cara ao passo que ele terá nosso afeto e gratidão. Situação como essa pode vir até mesmo a reforçar para ele a ideia equivocada de que a amante está fazendo bem para a relação de vocês. Não foram poucas as vezes que me deparei com essas histórias, tanto de homens quanto de mulheres e até mesmo dos amantes que, para amenizar a própria culpa, preferem acreditar que estão fazendo bem ao casal… Pode?

Para tanto, Amiga, é necessário prestar muita atenção no período em que ocorrem tais comportamentos afetuosos – além dos habituais – desde o momento em que começam até o momento quando voltam ao “normal”. Como descrevi acima, é bem comum isso ocorrer, não somente quando se refere à traição, mas também quando o parceiro se comporta de maneira a qual venha a se sentir culpado depois (como chegar tarde em casa, por exemplo, depois de uma noitada com os amigos).

Fique atenta também a respeito de assuntos que possam soar estranhos e que envolvem crítica à monogamia, ou mesmo questões sobre a traição que abarquem o fato de o homem ter necessidades diferentes da mulher, por exemplo… Claro que existem algumas diferenças no valor da traição em si, mas ainda assim, sabemos que o caráter, ou a falta de, tem peso igual para os dois, pois diz respeito ao comprometimento, pura e simplesmente.

***

Seguindo isso, Amiga linda, há uma série de outros indícios que vale a pena que você preste atenção, por serem sinais mais óbvios e que não requerem delongas:

  • Desinteresse sexual – a diminuição da libido pode estar relacionada a questões que envolvem desde o desinteresse por você (o que pode ser um caminho para que ele se interesse por outra); percorre pela possibilidade de o parceiro estar alimentando sua satisfação através de pornografias ou mesmo, em último caso, porque já está com outra mesmo;
  • Estado de alerta no que envolve a tecnologia (celular, computador ou notebook) ao passo que demonstra estar sempre atento, quando em sua presença, como se tivesse algo a esconder; no caso de caixas de mensagens (e-mails ou redes sociais), estas estão frequentemente vazias ou desatualizadas, como se passassem por varreduras com o fim de apagar qualquer tipo de evidência;
  • Ausência; aumento da frequência de encontros com amigos ou mesmo “happy-hours”; horas extras injustificadas ou viagens inusitadas que surgem sem algum tipo de base sólida, mas que acarretam o mesmo fim de gerar ambiente para que suas ausências se tornem recorrentes e cada vez com um período maior de tempo;
  • Perda do diálogo – fato que envolve impaciência ou mesmo descaso diante a relação.

Portanto, Lindona, fique atenta a essas dicas e elas orientarão para que construa um repertório o suficiente para ser capaz de pagar o cara com a boca na botija. Necessariamente, em muitos casos, não é preciso nem mesmo presenciar o fato em si, quando os indícios, por si só, já se fazem mais do que o suficiente para levarem você a um veredicto. Caso queira ir mais fundo na questão – como pegá-lo no flagra, por exemplo – há algumas maneiras discretas para agir sem ter que se expor necessariamente e de maneira legal, principalmente quando a relação envolve questões como filhos, patrimônio em conjunto e por aí vai.

Nesse primeiro caso, quando há apenas a convicção, é recomendável que procure alguém com experiência e que esteja de fora da sua situação. Há muitos profissionais da psicologia e da psicanálise envolvidos com questões de relacionamento que podem ser cruciais na elucidação desses casos, ao mesmo tempo em que preparam você para rumar pelos melhores caminhos e até mesmo superá-los, ok?

Lembre-se que muitas vezes somos capazes de agirmos pela emoção o que pode nos levar a agir precipitadamente… Daí será tarde demais caso queira voltar atrás, portanto… Não dê bobeira tá? E, amiga, INSCREVA-SE AGORA na Escola da mulher Magnética, clicando nesse link, e fique por dentro de tudo isso e muito mais… Não perca mais tempo da tua vida dando cabeçadas e se perdendo na hora de agir.

Beijos, amiga e te espero…

Vanessa de Oliveira.