Seja poderosa, sedutora e magnética

Home / Home / EU TINHA TUDO PARA DAR ERRADO, ATÉ QUE…

O Maior Portal de Cursos Online Para Mulheres do Brasil

EU TINHA TUDO PARA DAR ERRADO, ATÉ QUE…

SHARE
, / 3630 0

Amiga linda… um dos aprendizados que mais me ajudaram a colocar a minha vida para a frente, foi aprender a usar uma energia sutil ao meu favor… Uma energia chamada “INÉRCIA”.

O que é inércia?

Trata-se da tendência de um corpo de manter seu estado inicial de repouso ou movimento. Esse estado inicial só pode ser alterado por uma força.

Levando isso em conta, amiga, pensei comigo mesma: “Então o meu estado de vida atual tem relação direta com a maneira como eu me comporto diariamente, ou, sendo mais clara, com os meus hábitos”… Certo? Visto isso, pensei: “Então: e se eu melhorar os meus hábitos até que eles se tornem ‘automáticos’ e eu possa, com o mínimo esforço, começar a ter resultados melhores gradativamente?”…

E foi exatamente o que aconteceu, lindona, e isso mudou completamente a minha vida, pouco a pouco, até que eu finalmente chegasse onde eu cheguei (e não pense que eu parei por aqui não, viu?).

OS HÁBITOS QUE VOCÊ CRIA PODEM SE TORNAR OS SEUS PIORES INIMIGOS

Quando você quer muito aprender a fazer uma coisa, amiga, ou atingir algum resultado específico na sua vida… me diga: o que é necessário? Sim… Existe um passo a passo que envolve desde conhecer sobre o que você quer fazer; conhecer pessoas que já realizaram aquilo o que você quer fazer; até que, por fim… Você faz o que? Heim?

Exatamente… Você parte para a prática, certo?

Isso porque, sabemos:

A prática é a mãe da excelência.

Entendendo isso, amiga, imagine então que, quanto mais você praticar, mais habilidade você vai se desenvolver para atingir determinado resultado certo? Isso porque a tua mente vai se adequando a gerar comportamentos específicos até que, através da repetição, passam a se tornar parte de um PADRÃO MENTAL.

Quando esse padrão se forma na tua mente, daí você passa a gastar muito menos energia para gerar esses comportamentos, isso porque as coisas vão meio que no automático, não é mesmo?

O importante aí, amiga, é você observar a tua própria vida e ver se está realmente de acordo com os resultados que está obtendo ou, no cenário mais desagradável, mantendo um padrão fracassado que te mantém em uma vida impróspera…

Sim, lindona… você é resultado de um padrão mental… A notícia boa é que, assim como eu, você também pode mudá-lo.

Pois bem. Vamos imaginar uma situação: você começa a fazer aula de direção com um bom professor e logo, junto com a prática, passa a dirigir tranquilamente até que nem mesmo você se dê conta mais do que está fazendo.

Isso acontece por causa dos níveis de aprendizagem:

  • Incompetência inconsciente – você não sabe que não sabe;
  • Incompetência consciente – nesse estágio, você se dá conta de que não sabe;
  • Competência consciente – aqui, você já está desenvolvendo conscientemente as suas habilidades e se dá conta de que sabe em alguma medida;
  • Competência inconsciente – nesse estágio, você nem mais se dá conta de que sabe fazer.

Pode ver, amiga, que quando você está dirigindo e já faz isso há algum tempo, naturalmente você faz sem ter que ficar pensando sobre isso. Às vezes, você chega no trabalho ou em sua casa e até se pergunta: “Nossa…! Como foi mesmo que cheguei aqui?”.

Aposto que você já passou por isso algumas vezes, não é?

Isso acontece porque é o resultado da tua mente entrando em estado automático (competência inconsciente). Portanto, veja: qualquer coisa que você buscar aprender, passará por esse processo de aprendizagem até que se torne automático. Isso porque, tem como plano de fundo a REPETIÇÃO.

Quando você pratica uma dança, por exemplo, vai passar pelo mesmo processo: desde ter de decorar os primeiros movimentos, até que eles se tornem automáticos, tudo bem até aqui?

Então… Agora, imagine que você passe por esse tal processo de aprendizagem e, de repente, esse seu professor seja um mal professor e te ensine tudo errado… O que acontecerá?

Certamente, amiga, você começará a praticar errado a ponto de se tornar excelente em conseguir maus resultados. SIM… o processo de aprendizagem é o mesmo, e caso você insista em fazer da forma errada, assim como você é capaz de aprender o certo, seu cérebro vai fazer dos comportamentos errados, um comportamento padrão.

O problema em se aprender errado é que, daí, o seu processo para readequar os comportamentos será muito mais desafiador, visto que na sua mente já existirá um padrão preestabelecido.

Pensa, amiga: toda a vez que você for realizar um comportamento, vai ter que se policiar para bloquear o habitual (errado) para, somente então, agir da maneira correta.

Percebe o trabalho dobrado que o seu cérebro precisará fazer para dar conta do recado?

É importante você tomar bastante cuidado com os padrões mentais e se preocupar em fazer com que eles se tornem uma espécie de “programa” na tua mente, assim como um software para um computador, apto a rodar bem. Pense em uma pessoa desorganizada e que sofre com a desorganização…

Ela própria acha que aquilo faz parte da “personalidade dela”… BALELA!

Isso é uma maneira que temos de romantizar as coisas, pois, na verdade, ela desenvolveu um padrão mental específico – normalmente por conta da história de vida – e está, simplesmente, reproduzindo isso e acomodada nessa situação como se “ela fosse assim mesmo e pronto”

Ninguém é “assim mesmo”.

Temos sim a nossa aparência (fenótipo, genótipo e biótipo) e isso pode nos diferenciar, massssss…  quando se tratam de comportamentos, esteja certa, amiga: não estamos condenadas a eles de forma alguma.

O que devemos fazer, no caso de estarmos alcançando resultados ruins – ou, até mesmo, nenhum resultado desejado, – é mudar os nossos padrões mentais e “arredondá-los” para que sejam úteis para nos ajudar a chegar (melhorando os comportamentos) onde queremos.

Se uma pessoa começa a ler um livro e desiste logo no começo; daí ela pega uma revista, dá início a uma matéria e não se empenha em chegar ao fim… Logo, estará escutando uma música de quatro minutos e, antes de a música acabar, já mudará de faixa… Sabe por quê?

Porque se tornou uma pessoa excelente em fazer as coisas pela metade.

Escuto muitas mulheres reclamarem que não conseguem se relacionar com homem nenhum, por exemplo. Após uma pequena conversa, sem maior aprofundamento, chego à conclusão de que todas as vezes que elas tentaram, fizeram de uma maneira que a conduziam, sempre, para o mesmo fim e, pior: se condenaram àqueles comportamentos padrões acreditando “que elas são assim mesmo”…

Muitas vezes, elas não prestavam atenção aos sinais e, no desespero, acabavam colocando a carroça na frente dos burros, o que fazia com que o cara corresse na primeira chance.

O pior de tudo, é que, mesmo depois de tudo isso, essas mesmas mulheres traziam o argumento de que “Já fiz de tudo e não consigo me relacionar… Deve ter algum problema comigo.”… Como é que é?

Não adianta você querer aprender a conquistar, a ser poderosa e irresistível, amiga, se continuar a manter essa crença de que você “não é capaz“. Aliás:

A crença é algo que você constrói através da repetição ou no decorrer da sua história de vida.

Até mesmo quando as pessoas vão falando isso para ti, dependendo da intensidade, você pode acabar enfiando isso na tua cabeça e passando a acreditar nessa ideia.

Daí fica difícil conseguir alguma coisa, já que você já começa um caminho “sabendo”, inconscientemente, que não vai conseguir chegar nem na metade.

É sempre importante ter em mente se você fez ou não o seu melhor possível, lindona, e, para isso, é importante você saber reconhecer o que você tem de melhor e é exatamente isso o que quero te ajudar a trabalhar em ti mesma: o teu melhor.

Caso ainda não me conheça, amiga, eu, Vanessa de Oliveira, venho estudando o comportamento humano nas relações já há anos e, como autoridade na área de relacionamentos proponho ensinar às minhas alunas o conhecimento capaz de ajudá-las a se autoconhecerem para que possam se desenvolver num amplo espectro da vida pessoal, social, amorosa, profissional e por aí vai…

Certamente, lindona, ao se inteirar mais sobre os ensinamentos que passo através dos meus cursos, você sairá uma mulher verdadeiramente poderosa. São anos e anos, ajudando milhares de mulheres e os depoimentos a seguir falam por si, olha só:

Esses são apenas alguns, entre os milhares, dos depoimentos que recebo dia após dia, miga e não param. Eu acredito que, como uma mulher inteligente, se você chegou até aqui, certamente você está disposta e quer muito ir mais adiante, não é mesmo?

Estamos falando de um aprendizado que envolve o conhecimento sobre as estruturas comportamentais e, para isso, amiga, basta você seguir direitinho as minhas instruções e estar aberta para aprender mais sobre si mesma e sobre os homens, que a coisa simplesmente vai acontecer até mesmo sem que você perceba… Quando viu, já foi… tipo isso.

Amiga… Além de você aprender sobre O Poder da Autoestima Inabalável que tem a ver com quando uma mulher decide realmente ser poderosa e autoconfiante, você também vai aprender sobre técnicas de sedução em “Seja Sedutora Acima de Tudo”, um módulo que você irá aprender como usar seu poder de conquistar e reconquistar os homens, ao final dele, amiga, certamente você estará pronta e saberá tudo sobre as técnicas de sedução e como fazer com que ele se interesse e se apaixone novamente por ti.

Agora, o melhor de tudo, amiga – e acho que isso aqui vai funcionar mais do que qualquer remédio -, está no módulo: Como Ser Uma Deusa… Nesse módulo você irá aprender sobre como ser uma Mulher Bem Resolvida na Cama, aprendendo tudo sobre sexo e, também, sobre qual a importância desta poderosa energia na sua vida!

Você irá aprender como realmente se tornar uma Mulher com Peito de Aço, capaz de colocar novamente a sua vida amorosa e SEXUAL em ordem, lindona… Vamos lá? Ahh… Antes que eu me esqueça, que tal obter acesso também ao Clube da Mulher Magnética? Ao acessar o curso, você terá 30 dias GRÁTIS para falar comigo lindona… Bora lá… Te espero…

Mas corre, pois as vagas do Clube são limitadas.

Te espero, amiga…

Beijos…

Vanessa de Oliveira.

Ahhh… Amiga, se quiser participar do meu  grupo de perguntas e respostas no Instagram e se inteirar sobre dicas práticas e incríveis, todos os dias…

Clique aqui e acesse meu Insta, agora mesmo!

021