Seja poderosa, sedutora e magnética

  • VOCÊ É DOMINADA PELOS SEUS TRAUMAS? – Parte 2

    SHARE
    , / 359 0

    Você sabia, Amiga que o vitimismo também é uma forma de violência ainda que seja passiva? Pois é… Tanto aquela que se lança ativamente, equivocadamente e de modo ditatorial diante do parceiro, a vitimista procura punir o outro e controlá-lo – de maneira passiva – com uma intenção perversa, por trás, que faz com que ele se sinta CULPADO, de modo a impô-lo uma condição como se ELE fosse responsável pela miséria emocional dela. Triste isso, né?

    O mais importante, Amiga, é você se dar conta que a autonomia, nesse caso, é a única condição capaz de favorecê-la em prol da sua própria cura. Existe uma diferença gritante, Linda, entre “curar-se” e “ser curada”. “Curar-se” se relaciona com o “ser ativo”, que reconhece e toma as rédeas do próprio processo, enquanto a segunda condição, o “ser curada”, tende à passividade, em outras palavras, aquela que espera que alguém, alguma coisa ou mesmo o próprio tempo, seja responsável pela sua cura sem que ela própria faça o menor esforço.

    Qual o lugar que você quer ocupar? Se escolheu ser agente ATIVA e ocupar o lugar de controle sobre as próprias transformações, seguem alguns pontos importantes que podem te orientar nesse processo de “depuração” emocional de modo que se lance de maneira mais íntegra à possíveis novas relações.

    VEJA TAMBÉM:

      – VOCÊ É DOMINADA PELOS SEUS TRAUMAS? – Parte 1

    Em primeiro, Amiga, É urgente que você vivencie o pós-relacionamento com integridade e resolva as pendencias (contigo mesma) para poder transformar experiências traumáticas em aprendizados, ou seja, tratar para que o passado não interfira de modo a prejudicar o presente e sim o contrário: que as experiências dolorosas sejam como lições valiosas que te capacitem a construir um futuro melhor para ti mesma.

    Amiga linda, você está gostando deste assunto? Então CLICA AQUI e aproveita para receber uma aula grátis transformadora, que vai te ensinar a deixar os homens completamente apaixonados por você! Basta deixar seu e-mail AQUI e você poderá assistir a aula quando quiser, vou enviar por e-mail para você!

    Vivenciar o luto é um processo importantíssimo para situações de perda. Uma ocorrência recorrente, em caso de relacionamentos, é o fato de a pessoa ignorar a etapa do luto e partir para a substituição… Erro SUMÁRIO. Caso se lance a essa medida, Amiga, sem que realmente coloque uma pedra sobre o assunto anterior, acontecerá que transferirá todos os dramas e receios para o próximo, inevitavelmente. Pessoas que carregam mágoas de relacionamentos tendem a se tornar tensas, ansiosas e até cansativas.

    Lembre-se sempre dessa frase:

    Uma mulher inteligente aprende com os próprios erros; uma mulher sábia aprende com os erros de outras e se antecipa. 

    Após passar por esse processo, Linda, daí sim, finalmente estará renovada e pronta para uma nova relação. Os teus aprendizados serão úteis para te tornar mais esperta a ponto de poder se antecipar a possíveis problemas que possam vir a surgir numa nova relação, de modo que você seja capaz de tomar ações a fim de evitar desconfortos.

    Perceba, Amiga linda, que estamos tratando aqui sobre PREVENÇÃO. Prevenir para evitar chegar ao fundo do poço; prevenir para que eles não tenham a chance de te magoar; prevenir para não ter que criar em ti mesma, mecanismos de defesas tão poderosos ao ponto de te tornar arredia o suficiente para que ninguém mais seja capaz de chegar perto de ti. PREVENIR é se antecipar e para tal é necessário que comece a prestar atenção nos sinais em vez de ignorá-los.

    Sentimentos e relacionamentos são duas coisas que interagem com distinção, ou seja, mesmo sentindo (o que quer que se sinta pelo outro), é urgente saber perceber quando um relacionamento se encontra esgotado.

    Insistir em permanecer num ambiente (relação), esgotado, é se condenar à miséria emocional que irá perdurar até que você seja capaz de obter forças para mudar… A ironia é que, quanto mais permanecer nessa relação, mais enfraquecida ficará. Esta é a TUA responsabilidade no processo que envolve a tua própria saúde mental e emocional. Ainda que seja o outro a agir de modos incabíveis ou egoístas, a permanência ou a persistência nesse tipo de relação dependerá, em grande parte, de ti mesma.

    E amiga, se você está sofrendo, seja falta de autoestima ou porque você não consegue ser feliz nos relacionamentos, então  CLICA AQUI, deixa seu nome e e-mail que você vai assistir uma aula grátis transformadora. Eu também vou te enviar dicas para te ajudar a conquistar o amor e a autoconfiança que você merece ter. É rapidinho, não demora nem 2 segundos, CLICA AQUI e deixa seu e-mail.

    ASSISTA A AULA GRÁTIS

    DEIXE ELE APAIXONADO POR VOCÊ!

    Preencha os campos com seu nome e e-mail para ter acesso à aula grátis !