Seja poderosa, sedutora e magnética

  • Assine a minha newsletter GRÁTIS de dicas de amor e relacionamentos

    Aprenda como atrair os homens e descubra:

    • O que ele realmente pensa de amor e relacionamentos
    • A verdadeira razão pela qual os homens se apaixonam
    • Como fazer para que ele se apaixone e continue apaixonado
  • Fim de relacionamento: mostre o que o ex perdeu e dê a volta por cima!

    SHARE
    , / 1892 0

    Todo fim de relacionamento é difícil, amiga! Não importa se a relação durou pouco ou foi um casamento de vários anos: aquela pessoa fazia parte da sua vida e agora não faz mais. O sentimento de abandono, falta e solidão pode ser forte e pesado, especialmente no começo.

    Isso acontece, principalmente, se você fica com a sensação de que nunca mais vai encontrar o amor da vida ou que jamais vai superar esse rompimento. Ainda bem que o tempo nos dá muitas oportunidades para mudar isso, lindona! Pode ter certeza que, com algum esforço, é possível não só superar o ex, como viver ainda melhor do que antes.

    O processo de seguir em frente depois do fim do relacionamento é longo e pode não ser fácil, mas é necessário para reconquistar sua autoconfiança, sua alegria e para estar preparada para uma nova relação — mesmo que agora você diga que nunca mais vai querer outra pessoa.

    Lidar com rompimentos é algo que todas nós precisamos aprender. Nossas reações são diferentes e as formas como trabalhamos isso também, mas existem algumas coisas que todas nós podemos fazer. E é sobre isso que nós vamos falar no artigo de hoje!

    Para conseguir superar o fim do relacionamento, dar a volta por cima e ainda mostrar ao ex o que ele perdeu, confira as 11 dicas que eu trouxe especialmente para você, gatona!

    1. Antes de tudo: entenda como seguir em frente

    Seguir em frente é um processo, linda. Não vai acontecer de um momento para o outro e provavelmente não vai ser fácil. Afinal, você teve um relacionamento que deixou marcas, lembranças e experiências importantes. Nada disso é realmente ruim por si só. São essas coisas que podem nos garantir crescimento pessoal, empoderamento e autoconfiança.

    É claro que o fim de um relacionamento pode nos deixar muito mal ou, pelo menos, com um gosto amargo na boca. Depois de dedicar a ele bastante tempo e empenho, ver o romance acabar é sempre um baque. No entanto, é preciso ir adiante, não é, lindona?

    A questão é: como seguir em frente? Para isso, você precisa superar a sensação de tristeza e falta, centrando-se em si mesma e continuando com a vida. Em determinado momento, quando menos esperar, você vai notar que já consegue se abrir de novo para uma futura relação e, principalmente, entender que a pessoa mais importante é você mesma.

    Quando perceber que seu pensamento já não está mais vagando na direção do ex, mas focado em seus projetos e futuras conquistas, você terá, enfim, conseguido seguir em frente. Como dissemos, isso é um processo longo e, geralmente, complexo. Portanto, respire fundo e não desista de você!

    2. Saiba ser indiferente e não fria

    Lindona, você sabe a diferença entre ser indiferente e ser fria? Pois bem, no fim de um relacionamento é essencial ter essa distinção em mente. Ser fria é uma atitude ativa. Você vai fazer esforço para demonstrar que não sente nada, o que, paradoxalmente, vai mostrar exatamente que você ainda sente muito.

    Ignorar a existência dele, mesmo com ele ao lado, fingir que sua vida está maravilhosa e que ele não foi nada para você, ter atitudes cortantes e brutas — tais como indiretas em redes sociais — ou mesmo falar mal dele são típicos comportamentos de quem ainda não superou e nem está procurando superar. Ao contrário, tudo isso mostra o quão abalada você ainda está.

    A indiferença, no entanto, é uma atitude reativa. Ser indiferente é deixar de se preocupar com ele ou com a vida dele, ser cordial — mas distante — em ocasionais encontros que possam acontecer, agir com a naturalidade ao falar com ele, sem intimidade ou muita atenção.

    Enfim, mostrar-se indiferente é uma forma de dizer que ele não tem mais lugar na sua rotina e na sua vida. A indiferença pode começar mecânica e até forçada, mas com o tempo vai se tornar cada vez mais natural.

    Ao ser fria, você mostra o quanto o rompimento ainda dói e consome os seus pensamentos, deixando suas ações serem guiadas pela mera existência do ex. Isso demanda muito tempo e energia, que poderiam ser canalizados para diversas atividades e projetos melhores.

    A indiferença, além de poupar bastante preocupação com o ex, também é a melhor forma de mostrar a ele como você está dando a volta por cima. Isso porque você retira o poder dele sobre si mesma, ao não colocá-lo como parte do seu mundo. Então, gatona, é hora de se desprender dele. Mostre sua indiferença e concentre-se em si mesma!

    3. Mostre que você amadureceu e que o término fez bem

    Tudo na vida pode ser uma experiência enriquecedora, desde que se aprenda com elas. Com certeza, o relacionamento que você teve ensinou diversas coisas boas que você pode manter e ruins que você deve evitar. Ou seja, encare seu relacionamento e o término como formas de crescimento pessoal.

    Amadurecer é aprender e se tornar uma pessoa melhor. Ou seja, é conseguir extrair, das boas e más escolhas e situações, algum proveito que nos faça mais capazes de lidar com outras relações. O término de um relacionamento acontece quando, pelo menos, uma das pessoas não quer continuar, não é?

    Por mais que você pudesse querer que a relação se mantivesse, será que realmente seria bom ficar com alguém que não te quer mais? É preciso de um pouco de autoestima aqui, linda. Você é maravilhosa e merece alguém que te queira. Por isso, com certeza o término foi para melhor!

    4. Tire um tempo para você

    Sabe a frase “agora vou dar um tempo com homens e me concentrar em mim”? Pois é, amiga, esse é um clichê cheio de sabedoria! Quando a gente vive em um relacionamento, é natural que ajustes aconteçam em nós mesmas e na nossa vida para ter o parceiro como parte essencial dela.

    Quando isso acaba, é importante dar um tempo para que possamos nos (re)conhecer. Ou seja, com todas as mudanças que você passou, quem você se tornou agora? Quem é essa nova você, que está pronta para ser mais fabulosa do que antes? Tire um tempo para si mesma e aproveite!

    Esse tempo também é muito importante para que você viva a tristeza do fim do relacionamento, claro. Permitir-se sentir é um passo essencial para superar o término e dar a volta por cima. Só não há como definir quanto tempo exatamente isso vai durar, linda.

    Talvez você precise de alguns dias ou de alguns meses. Vai depender muito de quão profundo foi o relacionamento e o quanto o fim a afetou. No entanto, é claro que viver a tristeza deve ter limites. Você precisa ter cuidado para não se afundar demais! Afinal, depois do luto é a hora de ressurgir como a fênix, nova, linda e poderosa.

    5. Mude o visual

    O visual diz muito sobre quem somos, não é, gatona? Mudar o visual é como um rito de passagem, em que você abandona uma vida antiga para abraçar uma nova, agora mais ousada, jovial e dona de si mesma. Que tal cortar os cabelos e fazer um penteado novo?

    Talvez mudar o estilo das suas roupas seja o vento refrescante que você precisa. Investir em novas maquiagens, mudar dos óculos para lentes… Enfim, que tal mostrar ao mundo que você está bem e cada vez melhor?

    Vá a um SPA, trate da pele, faça as unhas, se dê alguns mimos que te valorizem como pessoa e como mulher. Você merece isso. Tratar de si mesma não é um luxo, é uma forma de reforçar que você tem valor. Isso vai se refletir no olhar dos outros que a cercam e, com certeza, gerar comentários positivos.

    Escolha um novo visual que diga o que vai ser sua nova vida e seu novo eu. Deixe que sua mudança interna transpareça na mudança externa e que essa transformação também influencie uma mudança interna. É uma troca. Sentir-se bem consigo mesma diante do espelho leva você a sentir-se bem por dentro.

    6. Cuidado com as redes sociais

    Lidar com as redes sociais é um dos maiores problemas do fim de relacionamentos modernos. Sejamos sinceras, lindona: a vontade de xingar, mandar indiretas, procurar informações sobre o ex e acompanhar o que ele está fazendo é muito grande, não é?

    No entanto, lembre-se: nada disso vai ajudar você a dar a volta por cima! Mostrar demais como sua vida está ótima nas redes sociais, principalmente quando não está, pode também parecer desespero. Pior que isso, mostra o quanto você ainda se importa com a opinião dele.

    Uma ótima opção, nesse momento, é dar um tempo das redes sociais. Afastar-se um pouco do virtual e viver mais o real, entrar de cabeça em outras experiências e procurar novos círculos fará um bem danado a você.

    Se não puder ou não quiser fazer isso, o ideal é que você corte esses vínculos e aja com naturalidade nas suas redes. Não mande indiretas ou fique atrás dos perfis dele. Desfaça a amizade ou, se por qualquer motivo profissional ou pessoal isso não for possível, ignore e deixe de segui-lo.

    Nas redes sociais também é uma boa ideia ser indiferente, como já falamos lá em cima. Afinal, nada grita mais ciúmes e desespero que publicações falando mal ou dando a entender algo ruim do ex. Isso só serve para destruir sua imagem e aumentar a dele. Seja superior!

    email marketing by activecampaign

    7. Fuja de situações constrangedoras

    Amiga, não se coloque em situações constrangedoras ou que possam te fazer mal. Evite ir aos lugares que ele frequenta, procurar informações com os amigos dele, pedir notícias ou mesmo ir atrás dele.

    Se vocês dois frequentavam um lugar, veja o quanto você gosta de lá para continuar indo ou não. Se você puder evitar e não for importante, por que fazer isso, não é mesmo? Se vocês faziam academia juntos, por exemplo, talvez valha a pena mudar.

    Respeite os amigos dele: não seja incisiva ou direta em perguntas. Se eles tocarem no assunto, demonstre apenas o mínimo de interesse, como se vocês estivessem falando apenas  de um conhecido.

    Saiba, também, lidar com os amigos em comum. Afinal, todo relacionamento desenvolve amizades que pertencem aos dois e, em um término, isso pode ficar um pouco complicado. A saída é pedir para que te avisem se ele for a algum lugar que você e seus amigos marcaram — seja para decidir se vai ou para estar preparada para esse encontro.

    Lembre-se, ainda, de preparar-se para lidar com os amigos falando muito sobre ele. Esse tipo de informação costuma mais atrapalhar que ajudar, portanto, já que tem intimidade com eles, peça para pararem, pois você não precisa passar por isso, gatona.

    Se você ficar sabendo que ele está com outra pessoa, não se sinta mal e não se compare com ela. Jamais entre em uma competição! Ele não faz mais parte da sua vida como um parceiro e está seguindo em frente, como você também deve fazer, amiga.

    Sobretudo, não caia na tentação de jogar sua frustração ou a culpa do fim do relacionamento para ela. Ser indiferente a isso também é um passo importante no caminho da superação.  Por fim, não vá atrás dele, mesmo que você queira uma “conversa definitiva”.

    Isso nunca acaba bem e só serve para uma recaída — que resultará em dificuldades ainda maiores para superar. Então, linda, fuja disso. Você é melhor que isso e não precisa ficar sofrendo para sempre, concorda?

    8. Trabalhe a sua autoconfiança

    Amiga, pense bem: o término do relacionamento não é o fim da sua vida. Ao contrário, ele pode ser só o começo de uma fase nova e muito mais excitante. Por isso, não se culpe exclusivamente pelo que deu errado.

    Como já falamos ali em cima, mudar o visual pode ser um primeiro passo importante na busca pela autoconfiança. No entanto, esse é um processo interno, de transformação e desenvolvimento emocional. Lembre-se que a autoconfiança é essencial para ser uma mulher magnética.

    Só assim você vai conseguir ter a força necessária para mostrar seu verdadeiro eu ao mundo e conseguir alcançar seus objetivos. Ter autoconfiança é entender que você é uma pessoa completa, fabulosa e interessante por si mesma, que não precisa de ninguém para ser feliz (embora o homem certo possa fazê-la mais feliz, não é, linda?).

    Faça da construção da sua autoconfiança um exercício diário e constante. Ser autoconfiante vai permitir que você desapegue mais facilmente da antiga relação e esteja mais perto de dar a volta por cima.

    9. Busque viver coisas novas

    O término do relacionamento pode ser uma oportunidade para se redescobrir ou mesmo para se reinventar. Há toda uma vida pela frente que te espera, gata! Cheia de possibilidades, novas experiências, outros romances! Esse é o momento de investir em si mesma, na sua satisfação pessoal e de tentar viver coisas novas.

    Fazer uma viagem pode ser uma boa ideia. Ou quem sabe experimentar comida tailandesa? Alguma vez você já teve vontade de pular de paraquedas? Sair para dançar em uma boate nova ou, quem sabe, flertar com alguém que normalmente não faz o seu tipo? Pode ser ainda que você queira fazer novos amigos.

    Nesse momento, você só deve satisfações a si mesma. Aproveite para desfrutar de momentos inusitados ou de antigos desejos que nunca foram realizados. A vivência permite descobrir novas facetas de nós mesmas, amiga. Amplia nosso horizonte, nos deixa mais felizes com a excitação da novidade. Abra o coração para o desconhecido e você pode se surpreender!

    10. Estude o que deu errado e faça diferente

    Por fim, é muito importante fazer uma autoavaliação do relacionamento passado. Repasse, com sinceridade, quais foram os problemas que vocês enfrentaram no relacionamento. Veja qual foi sua parcela de culpa ou o que você poderia ter feito diferente para não deixar que isso aconteça novamente.

    Esse é um ponto muito sensível, linda. Nós temos uma tendência forte a nos autoiludir, a ver as histórias apenas do nosso ponto de vista e a não criticar as nossas próprias atitudes. Afinal, culpa pode ter sido toda dele, ou recíproca ou sua.

    A culpa recíproca é a causa mais comum das separações, especialmente as traumáticas. Na verdade, é muito difícil a culpa ser toda de um só. Mas pode acontecer. Se a culpa foi dele, melhor rever que tipo de homem você está querendo atrair, não é linda?

    Há algumas dicas para se saber se o próximo vai ser um parceiro melhor e alguns indícios que podem mostrar que é melhor pular fora de um relacionamento já no começo. Então, reveja os motivos pelos quais você se atraiu pelo antigo namorado e se há um padrão nisso na sua vida.

    Se a culpa for recíproca, é crucial entender como a relação de vocês se desenvolveu e entrou em uma espiral negativa que levou ao rompimento. Onde começou a dar errado? O que você fez quando percebeu que estava indo mal? Como lidou com a situação? Suas ações ajudaram a resolver ou pioraram o problema? Essas são algumas perguntas sinceras que você deve se fazer, amiga.

    Se a culpa foi sua, bem, aí é preciso realmente repensar como você entra e como lida com um relacionamento. Relacionar-se não nada é fácil, nós sabemos! Por isso mesmo precisamos fazer esse esforço do autoconhecimento, do desenvolvimento da inteligência emocional e da autoconfiança.

    11. Desenvolva projetos pessoais e profissionais

    Estar solteira pode ser uma ótima oportunidade para se dedicar a projetos pessoais e profissionais que foram escanteados ao longo do tempo. Vale tudo: desde emagrecer e fazer mais trabalhos voluntários até dedicar-se a aprender pintura, fazer um curso de maquiagem ou de windsurf. Esse é o momento para desenvolver novas competências!

    No plano profissional, dedicar-se ao trabalho pode ser uma boa forma de direcionar a energia que antes era empenhada na relação. No entanto, é preciso tomar cuidado para não fazê-lo apenas como uma forma de evitar estar em contato consigo mesma pelo fim do relacionamento.

    Desenvolver projetos profissionais — como ir atrás de uma promoção ou iniciar o próprio negócio — dará também excelentes novas oportunidades de se ocupar com algo produtivo. Esse empenho pode render frutos no futuro dos quais você se orgulhará. Então aproveite o momento para isso.

    12. Seja feliz

    O melhor jeito de mostrar para o ex que você deu a volta por cima é ser feliz, amiga. Nada irrita mais um ex que a felicidade da pessoa com quem rompeu. Para ser feliz assim, um ponto importante é realmente concentrar-se em si e, inclusive, esquecer sobre mostrar para o ex a sua felicidade e superação.

    Lembra da indiferença? Pois é, quando você estiver feliz, essa indiferença virá naturalmente. Superar um término do relacionamento é estar feliz consigo mesma e aberta a outras experiências, inclusive amorosas. Sua felicidade é o melhor presente que você pode dar a si mesma!

    Então, lindona, o importante mesmo é saber que, por mais que não pareça, com o tempo você vai conseguir superar o rompimento. Se estiver disposta a investir em si mesma, você conseguirá também ficar ainda melhor do que era antes.

    13. Abra-se novamente

    Há muitos homens aí, amiga! Muitos deles estão só esperando por uma parceira maravilhosa como você. Qualquer um deles vai ter sorte em ter essa versão mais madura, experiente, confiante e interessante de você. Então, permita-se abrir o seu coração para um próximo encontro.

    Esse é o ponto crucial, linda. Se você estiver feliz e se tiver superado o fim do relacionamento, agora é hora de continuar o jogo da conquista. Com base no que você aprendeu, chegou o momento de tentar novamente! Ou seja, o fim do relacionamento é só o começo de uma nova fase da sua vida!

    Não parece mais tão ruim, não é, amiga? Imagine que, no final de tudo isso, um outro relacionamento ainda espera por você. Afinal, não é porque deu errado agora que nós vamos deixar de tentar, certo?

    Para se dar bem, assine a nossa newsletter e receba, em primeira mão, dicas incríveis para se tornar uma Mulher Magnética e conquistar o seu próximo amor (que vai ser muito melhor que o seu ex)!

    Share This