Seja poderosa, sedutora e magnética

Home / Seja Poderosa / FAÇA ELE TE PROCURAR

O Maior Portal de Cursos Online Para Mulheres do Brasil

FAÇA ELE TE PROCURAR

SHARE
, / 18620 0

Daí você acaba de conhecer o cara e já, de bate pronto, deposita aquele monte de expectativas que durante tanto tempo você guardou e esperou, como num conto de Cinderela às avessas, alguém aparecer e se encaixar direitinho no tamanho do seu “sonho”. Agora responda: você está realmente apaixonada por ele ou pela sua própria fantasia a qual ele pode vir a representar o papel?

Certa vez, amiga, estive cara a cara com uma aluna que me mostrou um projeto de vida em que projetava certo momento da vida (futuro) em que havia se proposto a casar e, em seguida, ter um filho. Claro que perguntei a ela se ela estava já com alguém e ela me disse: “Esse é o meu problema, Van…”.

A questão é que a mulher não estava se relacionando com ninguém, masss… O prazo para o seu “planejamento” estava “expirando”.

Veja só, amiga, o problema que essa minha aluna construiu para ela, na medida em que projetou algo que não dependia necessariamente dela, mas sim, em grande parte, de outra pessoa, para que esse projeto se concluísse.

Conforme fomos conversando, ela disse que “por algum motivo” (por que será?) os caras fugiam dela. Disse que num momento parecia que eles estavam bem apaixonados, mas, de repente, do nada, desapareciam sem deixar rastros.

Quando perguntei a ela sobre, exatamente, em que momento esses caras fugiam, ela respondeu sem titubear: “Quando eles se deparam com os meus planos para a minha vida… Acho que os homens não estão sabendo lidar com mulheres independentes como eu…”.

Escutar aquilo, naquele momento, foi como tomar um balde de água fria na cabeça, pois como é que eu diria para ela que talvez aqueles comportamentos, por parte deles, não tinham exatamente a ver com o fato de ela se mostrar “independente”?

Observe, amiga que os caras acabavam se afastando porque ela acabava despejando um peso nas costas deles que, sinceramente, para um início de relacionamento – onde as pessoas pouco se conhecem e ainda nem mesmo tiveram a chance de se curtirem e se conhecerem – esse tipo de “planejamento” acaba sendo percebido como um fardo para qualquer pessoa.

Do mesmo jeito, lindona, imagine você acabar de conhecer um cara e o cara te diz que para começar a se relacionar contigo, você terá de se comprometer com o planejamento dele de fazer isso ou aquilo… Que eu saiba, isso é coisa que acontece com o tempo e na medida em que ambos vão ganhando a confiança um do outro ao ponto de, realmente, sentir vontade de construir uma vida juntos e não do outro jeito: colocando a carroça na frente dos burros.

Já tinha me inteirado sobre alguns textos que falavam sobre essa coisa de “homens têm medo de mulheres independentes” e, de certa forma, achei uma grande balela. Isso porque:

uma coisa é você ser independente e outra coisa é você ser CHATA e pragmática ao extremo.

Quando falamos de conquista, estamos falando de empatia, da graça feminina, de um sorriso, de uma maneira de falar e se portar… Estamos falando de bom humor, inteligência, autonomia, segurança… Percebe? Isso tudo compõe um conjunto de características que tem a ver com a sedução.

São exatamente esses aspectos que descrevi acima, que fazem com que o homem se renda e queira ficar contigo ao ponto de querer planejar uma vida junto contigo. Isso porque, em pouco tempo, é capaz de se dar conta de que teve a oportunidade de conhecer uma mulher RARA, segura e diferente da maioria que conhece por aí.

Daí vem uma dessas mulheres chatas pra burro e que se acham a última bolacha do pacote, toma um fora de uma penca de homens e diz que “eles não estão preparados para um ‘mulherão’ como eu”… Ah, vá…

Não há quem resistas aos aspectos bem elaborados que envolvem a sedução. A questão aqui, amiga, é que se faz necessário ter equilíbrio nas coisas. Se você vai lá e compra um excelente perfume e literalmente “toma um banho” desse perfume, óbvio que ninguém vai aguentar fica perto de ti… E isso não tem nada a ver com o perfume em si, mas sim, com a maneira errada e exagerada que você o está usando.

Da mesma forma, amiga, preste atenção: como no exemplo que dei dessa minha aluna – que marcou data para casar e ter filho sem sequer ter um namorado – não se trata do fato de ela pensar em algum dia: casar e ter filho ou filhos… A questão é a maneira como ela coloca isso.

Ela se acha tão independente que, para ela, não importará com quem ela estará ou em qual condição e sim, simplesmente, importa a situação que ela desenhou e projetou para a própria vida…

Agora vamos pensar em uma mulher poderosa de verdade e que possui o mesmo planejamento de vida, dessa aluna aí que descrevi… Vamos pensar em como ela deve agir para ser mais assertiva:

Simples: ela deve dar um passo de cada vez. A primeira coisa que deve fazer é a construção de uma relação sólida e com alguém que valha a pena, óbvio. Com o tempo, é natural que essas questões vão surgindo e será esse o momento (quando a relação estiver de vento em popa) em que ela dirá a ele sobre aquilo o que deseja, não simplesmente porque deseja e ponto, mas sim, fazer o cara entender que ela deseja porque se trata DELE e da relação que construíram juntos.

No mais, será nesse momento que ela se dará conta se o cara está aberto ou não e caso ele não esteja, de jeito nenhum, daí sim ela poderá tomar a decisão de continuar com ele e encarar o risco de ele mudar de ideia com o tempo, ou, simplesmente, terminar a relação e seguir, livre e aberta, para encontrar alguém que esteja na mesma sintonia que ela.

Percebe, amiga? O problema não é, exatamente, o que a gente quer; a maneira como vivemos, ou mesmo a nossa “independência” o que faz os homens arregrarem, muitas vezes… Mas, sim, a pressão e o peso que colocamos nessas questões e que acabam se tornando mais um fardo para ele do que uma qualidade vinda de nós.

No fim, conheço uma penca de mulheres mega bem sucedidas e que construíram relacionamentos maravilhosos, do mesmo jeito que também conheço várias outras que, de tanto se acharem “a última bolacha”, acabam sendo rejeitadas e, para protegerem o próprio ego: culpam os homens, com o argumento de que “eles têm medo” e blá, blá, blá…

Mas é claro que tem muito homem babaca por aí que quer se sobressair em relação à mulher e acaba se comportando como um idiota, disputando com ela quando deveria era somar forças, mas, você deve estar atenta aos seus próprios comportamentos e evitar exagerar na dose das coisas.

Os planejamentos, quando envolvem duas pessoas, devem ser elaborados, traçados e executados em parceria e não, simplesmente, deliberados por um só… Isso se trata de IMPOSIÇÃO, amiga e não é todo o mundo que gosta de lidar com uma “amante autocrática”.

E vê se não perde mais seu tempo dando cabeçada por aí, amiga. CLIQUE AQUI e se inscreva no meu curso Mulher Magnética: 30 Dias Para Transformar Sua Vida! 

O curso é 100% online, todo em vídeo e você fala diretamente comigo durante 30 dias, podendo me contar sua história, e me fazer perguntas. Você vai aprender a transformar-se em uma Mulher Poderosa, Sedutora e que Enlouquece os Homens na Cama e Fora Dela. Esse curso te ensina a ter uma autoestima inabalável, além de te ensinar técnicas de conquista e sexo que fazem os homens ficarem completamente apaixonados por você! INSCREVA-SE AGORA e mude a sua vida amorosa!

Ou… Continue aí esperando alguma coisa acontecer, como num conto de fadas.